Facebook

Jornal do Bairro Alto

Estelionatários aplicam o “conto do paco” no Bairro Alto

Esse golpe tem algumas variações. A mais comum é praticada por dois golpistas. Um vai na frente e o outro atrás da vítima. O da frente deixa propositadamente cair uma folha de cheque ou um pacote de dinheiro falso. Na boa fé, com intuito de ajudar, a pessoa apanha o cheque ou o pacote e o devolve ao “distraído” que o “perdeu". O outro estelionatário chega e diz que viu a cena e elogia a atitude daquele que em alguns minutos cairá no velho golpe.

O "descuidado" então agradece e oferece uma recompensa à vítima e ao comparsa, dizendo que eles deverão comparecer a um escritório, levando um bilhete para receber a dita recompensa. Só que pra isso é preciso deixar a bolsa ou a carteira com todo o dinheiro que tiver, como "garantia" de seu retorno.

O comparsa vai e volta com um maço de dinheiro no qual só a primeira nota é verdadeira. Estimulada, a vítima, na ganância, entrega tudo e vai buscar a sua gratificação. Só vai perceber que caiu no golpe quando descobrir que o endereço dado não existe. Na volta, claro, os estelionatários já estarão bem longe.

Rua Antonio Cândido Cavalin, 43 - Sala 01 - Bairro Alto - Curitiba - Paraná

CEP 82820-300 - Fone: 41 3367-5874