Facebook

Jornal do Bairro Alto

Paróquia comemora dia do padroeiro São João Bosco

Quando menino, João Bosco sonhou que estava brigando com garotos e um homem se aproximou. Era Jesus Cristo, que lhe pediu: para educar “não com pancadas, mas com mansidão e honestidade”.



No contexto da revolução industrial na Itália, havia grande contingente
de jovens sem família nas grandes cidades. Desde 1809, em Milão, a igreja católica mantinha um tipo de obra assistencial para jovens denominada oratório, que se ocupava de lazer, educação e catequese. O primeiro oratório de Turim foi fundado em 1841, pelo padre Giovanni Cochi. Influenciado por essas iniciativas, Dom Bosco fundada em 8 de dezembro de 1841 um oratório em Turim, quando atende e ensina o jovem Bartolomeo Garelli na sacristia da Igreja de São Francisco de Assis. Em 8 de dezembro de 1844, esse oratório passa a denominar-se ‘Oratório de São Francisco de Sales, sendo a primeira casa Salesiana.

São João Bosco fundou a Sociedade São Francisco de Sales, padres salesianos que se dedicam a colégios e escolas católicas para meninos e jovens. Depois, após criar uma oficina de costura para meninas, e a receber órfãs, sugere que formem a Congregação das Filhas de Maria Auxiliadora. Mais tarde, criou a Associação dos Salesianos Colaboradores, também dedicada ao trabalho educativo e catequético de meninos e jovens.

Em outro sonho, vê, entre os paralelos 15 e 20 do hemisfério sul, um lugar de muita riqueza, próximo a um lago. Este lugar é interpretado por estudiosos como Brasília e por isso São João Bosco é o padroeiro da capital do Brasil.

Rua Antonio Cândido Cavalin, 43 - Sala 01 - Bairro Alto - Curitiba - Paraná

CEP 82820-300 - Fone: 41 3367-5874