Facebook

Jornal do Bairro Alto

O tempo de Deus

Estamos habituados a viver em uma linha de produção, até o lazer está marcado por rígido controle do tempo, e quando alguma coisa escapa ou excede nos sentimos frustrados.

Houve um tempo em que uma multidão de mais de dois milhões de pessoas saiu do Egito para Canaã. Se tomassem a rota das caravanas, presumivelmente a mesma por onde trouxeram José, o percurso de aproximados 500 quilômetros poderia ter sido feito folgadamente em sessenta dias. Mas, Deus ordenou a Moisés que tomassem outro caminho e, então, a viagem durou quarenta anos. Havia um propósito divino justificando essa peregrinação.

Uns dizem que os hebreus habitaram no Egito por 430 anos. Estudiosos israelitas, porém, afirmam que o período foi de 210 anos, sendo 116 de escravidão. Discussões à parte, todos estavam saindo do cativeiro com a tarefa de retomar uma região colonizada por 31 reinos e construir uma nação. A experiência do deserto os qualificou para a conquista,ocupação e manutenção do território, adoção de uma legislação, implantação de um sistema de governo, consolidação de um exército e homogeneização da prática religiosa, institutos fundamentais para existir com autonomia. A estratégia deu certo enquanto os israelitas permaneceram obedientes à orientação divina.

A fórmula aplicada aos hebreus permanece válida ainda hoje. Todas as
nossas decisões precisam evitar a rota das caravanas por mais curta e fácil que pareça ser. Esse atalho subtrai também a reflexão, a prudência e o planejamento. Sem esses elementos
trabalhamos quase sempre com o improviso. Mas, se, ao contrário, escolhermos o caminho do deserto, embora não muito atrativo porque requer paciência para lutar contra fome,
sede e cansaço, é gratificante porque é lá que está o Deus da providência transformando cada um dos nossos calos em pérolas de sabedoria. Sim, vale a pena submeter todas as
iniciativas ao teste do Senhor do Deserto, ele é o dono do tempo e sabe com precisão quando qualquer fato deve acontecer, até o cair de uma folha. Se você está disposto a correr o risco, o resultado no final da jornada é sensacional.

“O coração do homem pode fazer planos, mas a resposta certa dos lábios vem do Senhor.

Todos os caminhos do homem são puros aos seus olhos, mas o Senhor pesa o espírito.

“Confia ao Senhor as tuas obras, e os teus desígnios serão estabelecidos.”

Salmos, 16.1-3

(www.facebook.com.br/religiaoevida)

Rua Antonio Cândido Cavalin, 43 - Sala 01 - Bairro Alto - Curitiba - Paraná

CEP 82820-300 - Fone: 41 3367-5874