Como escolher um bom bairro para viver?

Aprenda a escolher onde morar e como adaptar-se ao seu novo bairro

A maioria dos adultos se mudará várias vezes em suas vidas. A realocação é uma mistura de coisas: excitante, estressante, frustrante e libertador. Pode ser qualquer uma ou todas essas coisas, dependendo do motivo da mudança. De novas escolas a novos empregos e novos começos, há uma infinidade de razões para trocar uma cidade por outra – ou mesmo de um bairro para outro numa mesma (grande) cidade.

Por exemplo, se você for procurar casa para alugar em itacaiu, veja os preços, compare os bairros e os benefícios que existe no local.

Desse modo, é compreensível que mudar-se para uma nova casa pode ser emocionalmente chocante, para dizer o mínimo. Jogue tudo o que você possui em caixas, mova-as para um espaço desconhecido e tente convencer seu cérebro de que você mora lá agora. Para isso, todo esse processo aumenta meus medos de instabilidade.

Não saber onde está nada, não conseguir encontrar um lugar para descansar e uma lista de tarefas literalmente me cerca em pilhas de caixas desempacotadas. Mas explorar sua nova vizinhança nestes primeiros dias é uma excelente maneira de ganhar um pouco de terreno. Essa também é uma ótima ferramenta se você ainda está procurando casas ou apartamentos e não tem certeza se encontrou o local dos seus sonhos.

Mas como você o torna seu? Como você sabe que será um lugar onde se sentirá bem-vindo e incentivado a crescer? Vamos explorar algumas dicas para explorar um novo bairro antes e depois de sua mudança para uma nova casa.

1. Visita pela manhã e à noite

Uma das coisas mais desorientadoras sobre a mudança para uma nova cidade é descobrir a vibração de cada bairro. Mesmo que você conheça a cidade relativamente bem, é difícil saber como seus pequenos hábitos diários vão mudar sem gastar tempo acomodado no espaço.

Um dos melhores é visitar um bairro em potencial tanto durante o dia quanto à noite. A energia de uma área pode mudar completamente quando o sol se põe – preenchendo-se com uma cena social movimentada ou esvaziando-se completamente.

Visite o bairro, veja se existem bares e restaurantes, supermercados, hospitais e farmácias por perto.

Você pode perder um ponto secreto só porque a visitou em uma tarde de domingo. Visite duas vezes para descobrir as personalidades de um bairro e a multidão diurna e noturna pode transformar um lugar.

2. Confira o calendário de eventos da região

Procure se ajustar a um novo bairro como chegar para o primeiro ano da faculdade. Envolva-se em atividades e você terá mais chances de encontrar sua comunidade. Verifique o calendário da câmara de comércio da cidade antes ou logo depois de se mudar para conferir os mercados de produtores, atividades infantis ou feiras de rua. Que tipo de desfiles acontecem durante o ano? Existem festivais? Se você é ativo em uma comunidade religiosa ou social específica, como eles são representados nos eventos por toda a cidade?

3. Encontre os lugares favoritos do local

Café local, coquetéis e locais para brunch podem ser a chave para a verdadeira vibração do bairro. Se você estiver se mudando para uma cidade, evite qualquer lugar que o atraísse como turista. Onde os habitantes locais vão para uma bebida ou uma xícara de café? Essa é uma ótima maneira de ter uma ideia de como as pessoas interagem umas com as outras na cidade. Também pode ser muito útil passar algum tempo no supermercado local, antes e logo após sua mudança. Aprenda os meandros da sua loja e tenha uma noção de como as pessoas da região trabalham umas com as outras. Isso pode remover o choque inicial após você se mudar e você só quer ter uma geladeira cheia de comida para se sentir acomodado.

4. Mapeie sua rotina

Ao considerar a compra de um apto no Bairro Alto , certifique-se de mapear sua rotina diária antes de fazer o movimento. Isso vai reduzir aquela estranha sensação desorientadora que o movimento pode desencadear. Voltar à rotina após uma mudança tão grande traz seus próprios desafios. Prepare-se para tomar um café ou uma guloseima antes ou depois do primeiro dia de volta ao trabalho após a mudança. Isso remove um pouco do estresse da transição.

5. Junte-se a organizações locais

Procure ser um verdadeiro membro de uma comunidade antes de obter um cartão da biblioteca. Depois de se instalar um pouco em sua casa, encontre os grupos locais que podem ajudá-lo a encontrar uma comunidade. A biblioteca costuma ser um ótimo lugar para começar a encontrar amigos, grupos comunitários gratuitos e para levar as crianças para passear. Se você estiver tendo problemas para ajustar sua identidade à nova área, explore parques, academias, clubes e associações esportivas.

6. Estabelecer-se em algum espaço verde

Um pouco de solidão pode ser muito útil após o caos da mudança de casa. Pode ser difícil, especialmente para um introvertido, passar tanto tempo em um novo espaço com rostos desconhecidos. Fora do seu parque local para ter algum tempo para si mesmo se você precisar respirar um pouco de uma casa cheia de caixas. Confira espaços verdes, trilhas para caminhadas ou mesmo centros de cidades que tenham um pouco de sombra para se reagrupar e passar algum tempo por conta própria. Quem sabe assim você não começa a sua dieta de como se alimentar bem?

7. Fale sobre sua chegada

Quando estiver em estabelecimentos comerciais próximos à sua nova casa, procure mencionar que acabou de se mudar para a cidade e está ansioso para fazer amizades e se adaptar bem ali. Na maioria das vezes, essa é a melhor maneira de receber dicas sobre os melhores pontos da cidade. Os proprietários de pequenos comércios têm seus dados do que está acontecendo na área. Eles são grandes aliados quando você se sente um estranho.

Por mais estressante que uma mudança possa ser, explorar um novo bairro é uma oportunidade incrível para se libertar de velhos hábitos. A energia de uma área pode reinventar sua identidade, receber novos amigos e apresentar novas paixões.

Se você precisa de uma pausa antes de desfazer as malas ou apenas começar sua busca por uma casa, comece com a vizinhança. Esta pode ser a chave para encontrar seu próximo lar verdadeiro.

Gostou destas dicas? Compartilhe este post em suas redes sociais!

Leia também: 4 Vantagens de trabalhar em Home Office